ALERTA DENGUE! 2022

O Grupo de Trabalho de Controle e Combate à Dengue da UNICAMP informa que o município de Campinas apresenta um cenário bastante preocupante para dengue, registrando entre o período de 1º de janeiro e 4 de abril deste ano, 534 casos da doença.

A situação é alarmante porque a Região Norte, onde se localiza Barão Geraldo e o campus da Unicamp, é a que tem mais casos da doença, com 162 registros.

Continuamos numa época bastante propícia para o aumento de casos de dengue devido ao período de chuvas, aumento de temperatura e o retorno presencial dos alunos e funcionários, após o período restritivo de circulação e convivência da comunidade no campus nos últimos dois anos, como medida de combate à pandemia do coronavírus em seu momento mais crítico.

Diante deste cenário, é urgente que todos os funcionários, docentes e alunos colaborem no sentido de eliminarem os possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

As medidas de prevenção, tornam-se mais do que nunca necessárias nos locais de trabalho e/ou estudo, no entorno dos prédios, nas áreas livres e nas residências/repúblicas dos alunos

* Elimine os possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti: pratos de vasos, plantas aquáticas, copos e outros descartáveis jogados em lugares impróprios, latões, latas e recipientes que acumulam água, calhas sujas, marquises e caixas d água descobertas, etc.

* Comunique a existência de criadouros e/ou presença de pernilongo ao Diretor e ATU de sua Faculdade/Instituto ou ao Cipeiro de sua unidade.

* Dúvidas, acesse o site do CECOM: https://dengue.cecom.unicamp.br/ ou através do e-mail: dengue@unicamp.br

Contamos com a colaboração de cada um!

Grupo de Trabalho de Combate à Dengue

UNICAMP

ABRIL/2022